• A Tribuna Do Cariri

Anvisa recebe informações sobre implementação de autotestes



A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu, na terça-feira (25), informações sobre política pública para implementação dos autotestes de diagnóstico de covid-19. O documento foi enviado pelo Ministério da Saúde.


A Anvisa informou que analisará as informações, mas ainda não existe prazo para resposta. Entretanto, a agência destacou que decisão sobre venda de autotestes deve acontecer o quanto antes.


A liberação de autotestes foi solicitada à Anvisa há cerca de duas semanas. A Anvisa adiou, na última semana, a decisão e pediu mais informações sobre como os testes seriam utilizados pelos pacientes leigos. Além disso, a agência também tinha dúvidas sobre como seria feita a notificação dos resultados à Rede Nacional de Dados em Saúde do Governo.


O Ministério da Saúde acredita que a liberação dos testes pode melhorar a questão dos diagnósticos e tratamentos da Covid-19. Os autotestes deverão integrar o Plano Nacional de Expansão da Testagem (PNE-Teste) para Covid-19, caso sejam liberados.


“Se aprovada, medida será mais um eixo de apoio ao diagnóstico e monitoramento da situação epidemiológica do país. A orientação ao público sobre manuseio dos testes, conduta do usuário após o resultado e notificação do diagnóstico serão incluídos na nova edição do PNE-Teste”, comunicou o Ministério da Saúde.


A Anvisa determinou o recolhimento de dois testes de Covid-19 nesta quarta-feira. Assim o “Teste Covid meuDNA PCR-LAMP Autocoleta de Saliva”, da Empreendimentos Pague Menos S/A, e “Autoteste Covid-19 Isa Lab” foram suspensos de qualquer tipo de comercialização, distribuição, fabricação ou propaganda.


MSN

0 comentário

BLOG