• A Tribuna Do Cariri

Brasil chega a 30% de adultos com vacinação completa contra a Covid



O Brasil chegou a 30% da população adulta com esquema de vacinação completo contra a Covid-19 nesta quinta-feira (12), segundo dados do consórcio de veículos de imprensa.

O número é relativo a pessoas com mais de 18 anos que receberam as duas doses de um dos imunizantes aprovados no país ou a vacina de dose única da Janssen.


Para chegar à marca, o Brasil levou 209 dias desde o início da imunização no país. No Reino Unido, a marca foi atingida em 96 dias e nos EUA, em 123 dias.

Além do imunizante de dose única, são aplicadas no Brasil a Coronavac, produzida no país pelo Instituto Butantan, a Covishield, produzida na Fiocruz, e a vacina da Pfizer.

O país contabilizou 975 mortes por Covid e 35.571 casos da doença, nesta quinta. Com isso, o país chega aos 566.988 óbitos e a 20.284.747 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.


Nesta quinta, o Brasil registrou 2.119.203 doses de vacinas contra Covid-19. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram 1.427.743 primeiras doses e 680.484 segundas. Também entram nessa conta 10.976 doses únicas da Janssen aplicadas.


A vacinação no país começou em 17 de janeiro, com a aplicação na enfermeira Monica Calazans, 54, que trabalha na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo. Com obesidade, hipertensão e diabetes, ela faz parte do grupo de risco.

Quase sete meses depois, o país chegou aos 30% de adultos totalmente imunizados.


Nesse período, a vacinação brasileira sofreu -e ainda sofre em algumas ocasiões- com diversos atrasos de entregas de doses e um considerável tempo de vacinação lenta.

Somou-se a isso uma situação de pouca disponibilidade de imunizantes diferentes com entregas imediatas. Até recentemente, a Coronavac foi a principal vacina aplicada no país. O imunizante do Butantan tem um intervalo menor de aplicação (28 dias) do que os outros aplicados no Brasil.


Em seguida, a Coronavac acabou superada em número de aplicações pela Covidshield, que teve diversos atrasos de entrega e que tem intervalo de aplicação de 3 meses.

Em outros países, a porcentagem de adultos vacinados alcançada nesta quinta pelo Brasil chegou mais rapidamente. O Reino Unido, por exemplo, começou a sua campanha de imunização contra a Covid em 8 de dezembro de 2020. Em 13 de março, cerca de três meses depois, já tinha 30% de pessoas com mais de 18 anos totalmente imunizadas.

Poucos dias depois do Reino Unido, em 14 de dezembro, os Estados Unidos também deram início à vacinação. Cerca de quatro meses depois, em 15 de abril, os CDCs (Centro de Controle de Doenças dos EUA) apontava que 30% da população com mais de 18 anos já estava totalmente imunizada.


O Chile, por sua vez, começou a campanha de vacinação em massa em 3 de fevereiro (em dezembro, alguns milhares de profissionais de saúde tinham sido imunizados), apostando também principalmente na Coronavac. Em 20 de abril, já tinha cerca de 30% de toda a população imunizada.


Na Europa, a Alemanha iniciou sua campanha nos últimos dias de dezembro de 2020 e chegou a 30% da população adulta totalmente protegida no início de junho, segundo dados do ECDC (Centro Europeu para o Controle e a Prevenção de Doenças, na sigla em inglês). Intervalo de tempo semelhante seguiram Portugal e Espanha.

Atualmente, o Reino Unido já tem mais de 75% da população com mais de 18 anos totalmente vacinada e os Estados Unidos têm mais de 61%. No Chile, a taxa supera 82% atualmente.


Os dados da vacinação contra a Covid-19, também coletados pelo consórcio, foram atualizados em 26 estados e no Distrito Federal.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.


Ao todo, 183.681.097 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil -44.285.294 delas já receberam a segunda dose do imunizante.

Somadas as doses únicas da vacina da Janssen contra a Covid, já são 48.269.832 pessoas totalmente imunizadas no país.


Com isso, 69,63% da população com mais de 18 anos já recebeu ao menos uma dose (nesse caso, a 1ª dose de alguma vacina ou o imunizante de dose única).

Mesmo quem completou o esquema vacinal com as duas doses deve manter cuidados básicos, como uso de máscara de máscara e distanciamento social, afirmam especialistas.


A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.


A Tribuna do Cariri Folhapress

0 comentário

BLOG