• A Tribuna Do Cariri

Cinco candidatos morreram desde o início da campanha eleitoral e Covid-19 foi a principal causa



O processo eleitoral deste ano tem sido de muita tristeza para os familiares e eleitores de pelo menos cinco candidatos paraibanos falecidos durante o processo eleitoral. A principal causa da morte, nestes casos, foi a contaminação pelo novo Coronavírus. O último caso registrado foi o do vereador Soldado Bosco (Podemos), de Bonito de Santa Fé. Ele estava internado desde o mês passado e faleceu nesta terça-feira (3), no Hospital Regional de Cajazeiras.


A agricultora Neuza Mário Gomes (Cidadania), de Cuité, faleceu ainda nos primeiros dias da campanha eleitoral. A cauda da morte dela não foi revelada. Da área da saúde, faleceram Verônica da Silva, de Lagoa Seca, e Ronaldo Miguel, o Capitão Ronaldo, de João Pessoa. Os dois últimos eram enfermeiros, filiados ao PSL e disputavam uma das vagas na Câmara de Vereadores.


O Capitão Ronaldo também exerceu o cargo de presidente do Conselho Regional de Enfermagem (Corem). Ele morreu vítima da Covid-19, já Verônica teve diagnóstico de enfarto. Outro candidato a vereador que morreu vítima de complicações por causa de contaminação pelo novo Coronavírus foi o empresário Pabllo Figueiredo (PSDB), da cidade de Sousa.


Jornal da Paraíba

0 comentário

BLOG