• A Tribuna Do Cariri

“Eu ainda não vivi meu luto” diz deputada Edna ao lembra-se dos ensinamentos dados por João Henrique



A deputada federal pelo PSDB, Edna Henrique, concedeu uma entrevista exclusiva, no último sábado (24), onde falou sobre ações do seu mandato e as votações importantes no Congresso Federal vivenciadas nos últimos dias, além de dar esclarecimentos sobre a saída do seu filho, o advogado Michel Henrique do Partido Republicano da Ordem Social (PROS) da Paraíba.


A deputada Edna deu destaque as ações do seu mandato na região do Cariri, para onde tem destinado recursos e equipamentos, com o objetivo de melhorar o atendimento da saúde pública da região. Ao falar de pleitos como o da instalação de um UTI e do centro de hemodiálises do Cariri, a parlamentar afirmou que tem direcionado todos os recursos das emendas de bancada para essa finalidade, e lembrou que o dinheiro já está nos cofres do Estado no Fundo de Saúde do Governo Estadual.


No cenário político a parlamentar Edna foi questionada sobre os ataques que tem recebido por parte dos seus opositores em Monteiro. Ela respondeu que esse não é o momento de se pensar em campanha política e não imaginou que fosse acontecer de forma tão precoce essas especulações em torno do seu nome para disputa de 2022.


- "Estou no exercício do mandato e tenho mais que mostrar trabalho, no momento certo a questão será debatida com maturidade, e se for vontade de Deus e do povo o meu nome estará na disputa para um novo mandato", pontuou a parlamentar. Ela assegurou que continua no PSDB e que está satisfeita com a legenda.


A parlamentar disse que escolheu cuidar do povo, e que tem trabalhado a cada dia para honrar os votos dos paraibanos, confiados a ela e seu esposo, o deputado estadual e líder político João Henrique (in memória).


Em determinado momento da entrevista a deputada Edna disse: “Eu ainda não vivi meu luto”, referindo-se ao exaustivo trabalho em Brasília, seja nas comissões em que participa, nas votações de projetos na Câmara Federal e na busca de verbas federais para os municípios onde mantém as bases do seu grupo político.


A entrevista foi concedida ao programa Poder e Notícia, que vai ao ar todos os sábados pela rádio Independente FM.


Poder e Notícia

0 comentário

BLOG