• A Tribuna Do Cariri

Greve dos caminhoneiros não deve afetar a Paraíba



Caminhoneiros de várias regiões do país planejam paralisar as atividades na próxima semana. A greve foi convocada em junho pelo Conselho Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas –entidade que também tentou uma uma paralisação em fevereiro de 2021, mas não teve adesão da categoria.


Os profissionais reivindicam melhores condições de trabalho e questionam os preços do diesel e tabela do frete. A Associação Nacional de Transporte no Brasil (Antb) prevê uma adesão maior ao movimento.


“A adesão está maior, com mais entidades representativas da categoria se posicionando a favor, inclusive algumas que se posicionaram contra em fevereiro. E vários sindicatos ainda estão se reunindo nesta semana para avaliar a adesão”, afirmou o presidente da Antb, José Roberto Stringasci, ao Portal Poder 360.


Segundo Stringasci, o objetivo é realizar protestos no domingo (25), que é o dia dos caminhoneiros, e organizar pontos de parada e piquete na 2ª feira (26.jul). A continuidade da greve vai depender da adesão.


Na Paraíba, porém, o ato ainda não tem total adesão. Foi o que informou o presidente do Sindicato dos Condutores e Empregados de Empresas de Transportes de Combustíveis e Produtos Perigosos Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (Sindconpetro-PB), Emerson Galdino.


Galdino disse que a categoria no estado ainda “não teve uma conversa”, nem “sentou para deliberar o assunto”, e que por isso há um indicativo para que não haja a paralização.

A Tribuna do Cariri Cariri Ligado

0 comentário

BLOG