• A Tribuna Do Cariri

Paraíba registra saldo positivo de 1,4 mil empregos em outubro, segundo Caged


A Paraíba fechou o mês de outubro com saldo positivo na geração de emprego, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta-feira (26) pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia. Foram criadas 1.437 vagas com carteira assinada em outubro, resultado de 13 mil admissões e de 11.563 desligamentos, uma variação positiva de 0,35%. O estoque, que é a quantidade total de vínculos ativos, em outubro chegou a 408.850.


O setor que proporcionou o maior crescimento foi o da construção de civil, que gerou um saldo de 760 (2,12%) novas vagas, com o balanço entre as demissões (1.331) e admissões (2.091) em outubro. Em segundo lugar ficou a área do comércio que cresceu 1,14%, com 3.376 admitidos e 2.192 demitidos.


João Pessoa e Campina Grande, que concentram a maior população ativa, apresentaram resultados bem diferentes neste último Caged. Na capital, o saldo foi negativo 1.339 postos perdidos, com 7.125 desligamentos em outubro e 5786 contratações. No acumulado do ano a redução dos postos formais chega a 9.603 empregos. Já na Rainha da Borborema, o saldo fechou positivo com 1.344 novos empregos, resultado da contratação de 3.137 pessoas e 1.793 demissões.

Balanço geral

Apesar do número positivo em outubro, a Paraíba fechou 5.586 vagas no acumulado de 2020, um saldo negativo de 1,35% na geração de empregos com carteira assinada, resultante da diferença entre 101.324 admissões e 106.910 demissões entre janeiro e outubro.

O estado vem atingindo desde julho o saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada. Em julho foram 1512 novos empregos formais. O melhor resultado, entretanto, foi obtido em agosto deste ano, com reabertura das atividades econômicas, quando foi registrado o saldo de 9.753 de vagas de empregos formais. Já em setembro foram 1.933 novos postos.

0 comentário

BLOG