• A Tribuna Do Cariri

Talibã condena retaliação dos EUA: “Ataque claro em território afegão”



O Talibã condenou neste sábado (28.ago.2021) os ataques de drone feitos pelos Estados Unidos na província de Nangarhar, uma região montanhosa do Afeganistão. A ação foi uma retaliação ao ataque no aeroporto de Cabul, na 5ª feira (26.ago.2021).


Porta-voz do grupo, Zabihullah Mujahid descreveu a operação americana como um “ataque claro em território afegão”. A informação é da Agenzia Nazionale Stampa Associata.

O grupo fundamentalista islâmico afirmou que estabelecerá um novo governo para o Afeganistão na próxima semana. Para os talibãs, os problemas econômicos que afetam o país vão melhorar tão logo o controle mude de mãos.


Mujahid disse que o Talibã aguarda para assumir o controle completo do aeroporto de Cabul logo que os militares dos EUA partirem. Entretanto, segundo a imprensa internacional, “o grupo já isolou o aeroporto, impedindo o acesso de grande parte dos que pretendem ser evacuados do país”.

Ataque dos EUA

Os Estados Unidos bombardearam um esconderijo do grupo terrorista ISIS-Khorasan –célula do Estado Islâmico no Afeganistão, na província de Nangarhar, no Afeganistão, no sábado (28.ago) –6ª feira no Brasil.


O capitão Bill Urban, porta-voz do Comando Central norte-americano, disse por comunicado haver indicações de que “nós matamos o alvo” e de que “não houve mortes de civis”.


Na 5ª feira, depois desse ataque, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, prometeu “caçar” os autores do atentado. Também confirmou a retirada total das forças norte-americanas até 31 de agosto –decisão não contrariada pelo novo governo Talibã do país.


A Tribuna do Cariri

Poder 360

0 comentário

BLOG